1 de janeiro de 2018

Nextory #12: O Goblin da Ganância


Sou a cara da riqueza!


E ai? Tudo bem com vocês? É com muita alegria que começamos o ano de 2018, e com o post logo de cara, e do quadro de maior sucesso do blog (e também o que eu mais gosto de fazer). Hoje é um dia especial, o primeiro dia do ano. Quais são suas expectativas para o jogo esse ano? O que você espera de novo? Mais cartas apelonas, um Meta mais 4fun? Só tenha cuidado para não deixar a ganância te consumir e acabar como o nosso pobre coitado Goblin. Bom, deixando de enrolação, vamos começar o primeiro Nextory de 2018!

Se você é novo ou velho no jogo, tenho quase certeza que você conhece o famoso Pot of Greed, ou no bom português, o Pote da Ganância! A mítica carta que te permite comprar 2 cartas do Deck, e que está banida desde quando o jogo existe. Mas, você sabia que existe toda uma história por trás dos potes, e que também um certo Goblin que aparece em muitas Artworks está envolvido nela? Não? Pois então, você vai conhecer a partir de agora!


Há muito tempo, antes mesmo do jogo das trevas ter início, existiam 2 artefatos extremamente raros e perigosos, que haviam sido selados por grandes feiticeiros e então escondido em ruínas de difícil acesso. Eles eram conhecidos pelo nome de Pot of Greed e Jar of Greed. Dizia a lenda, que eles possuíam uma natureza maligna, e que aquele que colocasse as suas mãos dentro dele, encontrariam muitas riquezas e teriam prazer e bem-estar, porém, quando retirassem suas mãos de dentro deles, os potes explodiriam, deixando o seu dono extremamente possesso e em busca de riquezas, ou, em muitos casos, causavam a morte dos próprios donos.


Depois de muito tempo, um conhecido e renomado caçador de tesouros e mercador ouviu falar da lenda por trás desses valiosos potes, e também de seu alto valor de mercado. Por conta disso, ele saiu em busca desse valiosos tesouros, e caminhou vários quilômetros carregando sua carroça (Supply) até finalmente chegar nas ruínas abandonadas. Então, depois de chegar, ele entrou nas ruínas e depois de muito esforço, finalmente encontrou os valiosos potes. Porém, nas redondezas, existia um Goblin saqueador, que tentava roubar seus potes, pensando nas riquezas que eles o trariam.


Depois de quase ser pego no flagra pelo mercador, o Goblin decide então se esconder dentro de sua carroça. Após um longo caminho, finalmente o mercador chega em um castelo onde, depois de muito conversar (e também pagar uma propina para os guardas) ele é autorizado a entrar. (The Forcerful Checkpoint) Sem saber da presença do Goblin, o mercador guarda seus potes dentro de uma sala com estantes e prateleiras, e, durante a madrugada o Goblin finalmente entra em ação, roubando o pote da ganância. (Jar Robber)


Quando o Goblin abriu a tampa do pote da ganância ele liberou o seu maligno espírito (Spirit of the Pot of Greed). Sem entender o que estava acontecendo, o Goblin tentou se livrar do pote, e quando retirou sua mão de dentro dele, aconteceu como a lenda dizia, o espírito do pote o possuiu, e ele se tornou o Goblin da Ganância (Goblin of Greed), tornando-se extremamente avarento e querendo cada vez mais dinheiro, status e poder.


Sua avaria se tornou tão grande, que o Goblin começou a cobrar taxas até mesmo para quem olhasse para ele (Upstart Goblin), e então criou o seu próprio império, extorquindo o mais pobres, e sendo extremamente corrupto, tudo isso porque ele estava sempre querendo mais e mais dinheiro. Foi então que, da noite para o dia, ele perdeu tudo. Por conta da sua ganância ele gastou tudo o que tinha e então sofreu uma bubble loss (termo na economia que remete a uma pessoa que tinha grande quantidade de dinheiro e perde tudo de forma repentina). Entrando em completo desespero (Bubble Crash).


Tentando encontrar uma maneira de ganhar dinheiro, o Goblin decidiu então começar a trabalhar como empregado no castelo do rei. (Good Goblin Housekeeping). Ele era responsável por realizar os investimentos e criar os orçamentos do castelo, porém, ele não era bom (afinal de contas, tinha perdido tudo o que tinha) e acabou sendo demitido, ficando mais uma vez desesperado e sem saber o que fazer. (Heavy Slump)


Foi então que o Goblin se lembrou dos seus potes que ele havia deixado guardado. Sem conseguir ganhar mais dinheiro por conta do espírito do pote, o Goblin tentou vendê-lo para um dos funcionários do rei por um alto preço, que aceitou a proposta e então o comprou. (Goblin Out of the Frying Pan). Foi então que esse funcionário resolveu presentear o rei, e deixou o pote da ganância junto de seus outros tesouros, foi então que, num momento de descuido o pote foi destruído por um ladrão (provavelmente alguém que foi maltratado pelo Goblin no passado).


O Goblin então foi acusado por tudo, tendo que ouvir bastante críticas do funcionário do rei, que estava bastante chateado e mostrando o pote quebrado para o Goblin, e pensando que o Goblin tinha feito isso intencionalmente (Return). O Goblin então teria que pagar tudo de volta, e com juros para o funcionário do rei, foi então que ele gastou o seu último centavo. (Second Coin Toss).


Mesmo depois de todo o acontecido, o Goblin pediu uma segunda chance para o rei, se justificando e tentando explicar que não tinha culpa do ocorrido. O rei então o devolveu o pote quebrado e deu uma segunda chance a ele. O Goblin então voltou a ser um empregado no reino, e dessa vez era responsável por cuidar das plantações, porém deixou com que um gato a destruísse e foi demitido mais uma vez. (That Grass Looks Greener). Desesperado mais uma vez, ele resolveu pegar o seu pote quebrado e levar para um artesão, para que ele o consertasse, mesmo sem nenhum dinheiro nas mãos. (Fine).


Infelizmente para o Goblin, o artesão era um grande amigo do mercador de quem ele o roubou o pote, e se lembrando de toda a história o artesão não aceitou concertar os potes e o expulsou de lá, ficando com os potes para ele. (Cash Back). Sem trabalho e sem dinheiro para pagar os impostos no reino, o Goblin acabou sendo preso. (Royal Prison).


A prisão porém não demorou muito tempo, isso porque a gangue dos Dark Scorpions acabaram invadindo o lugar, destruindo não só a prisão, como todo o reino, buscando vingança por uma guerra do passado. (Dark Scorpion Combination). O Goblin então se aproveitou da situação para fugir para a cidade grande, e então, tentando recolocar sua vida no lugar e ganhar dinheiro, começou a trabalhar em uma fábrica de produção de Mokey Mokey como assistente de produção. (Dark Factory of Mass Production).


Foi então que em um dia normal de trabalho o Goblin descobriu uma porta que vivia fechada. Curioso para saber o que havia lá dentro ele a abriu, e então viu que o que estava lá era o seu precioso pote da ganância, já concertado, então ele o roubou novamente. (Peeking Goblin). Porém, mais uma vez, o espírito do pote foi libertado, e dessa vez ainda mais poderoso. O seu poder foi tanto, que ele tomou controle do corpo e da alma do Goblin, o transformando em uma criatura diabólica, cuja cabeça era o próprio pote da ganância.


O Goblin então saiu de controle, e começou a destruir tudo em seu caminho, ele parecia imparável. Foi então que por sorte, o Goblin acabou indo parar em uma vila muito longínqua, e lá residia um poderoso mago. Depois de perceber o perigo que estavam correndo, o mago lançou um feitiço que selou o espírito do pote novamente e libertou o Goblin da maldição. (Dark Spirit Art - Greed). Com o poder dessa magia, o pote foi totalmente destruído, porém seu espírito ainda residia em um pequeno pedaço dele, onde ficavam seus olhos. (Shard of Greed).

GoblinCircus-CBLZ-EN-SP-UE

Mesmo depois de toda essa confusão o Goblin não desistiu do seu pote. Ele fugiu com o que restava dele e voltou para o antigo império (que havia sido reconstruído). Ele agora tentava ganhar dinheiro fazendo truques de circo, usando o seu pote como apoio, porém, seus truques eram um fracasso e ele não conseguia ganhar dinheiro. (Goblin Circus).


Foi então que o Goblin, depois de ver que os potes só haviam trazido problemas para ele, resolveu juntá-los e criar um novo pote, chamado de Pot of Duality. Depois disso, ele saiu para as ruas, tentando vendê-lo, mas ninguém queria comprá-lo, por não ser tão valioso.


O Goblin estava tão desesperado, que ele começou a bater de casa em casa para tentar vendê-lo, porém ninguém queria, e o Goblin, triste, e sem saber o que fazer, perdeu as esperanças. (Scrounging Goblin). Quando nada parecia que ia dar certo, o Goblin encontrou um velho amigo, que aceitou comprar o pote remendado que o Goblin tinha feito, por um bom preço, e também oferecia algo em troca.


O que o seu amigo tinha para oferecer em troca era um outro pote remendado, que era feito da metade de dois potes. O pote da ganância havia sido concertado, e agora estava junto com o Pote da Avaria. O Goblin ficou muito feliz, principalmente porque teria o pote da ganância de volta para ele, e com isso, a troca foi feita e o Goblin voltou a ter seu dinheiro (Recall). Agora, o que o Goblin tinha não era somente o pote da ganância, ele tinha um novo e valioso pote, porém com um poder maligno ainda desconhecido, o Pote dos Desejos! (Pot of Desires).

E então pessoal, curtiram o primeiro Nextory de 2018? É muito interessante ver um pouco das histórias que as cartas nos contam e ver o desfecho de todas elas. E aí, quais histórias vocês gostariam de ver? Espero quero que tenham gostado, e até a próxima! Um ano novo cheio de felicidades pra todos!

Comentários
2 Comentários

2 Comentários:

M. disse:
2 de janeiro de 2018 01:37

Ótima materia pra começar o ano,parabens
eles ainda estao desenvolvendo a historia do pote pelo visto
tinha uma sugestao,mostrar as cartas classicas dos personagens classicos e suas vertentes e evoluçoes contando sua historia,as cartas novas do relinquished por ex estao muito interessantes

Denise Ishikawa disse:
20 de fevereiro de 2018 10:58

Hey, ótimo trabalho. História bem divertida.
Acho que ainda vão fazer a história de como ele ganhou o Pot of Generosity.